segunda-feira, 26 de agosto de 2013

FENG SHUI e o QUARTO DO CASAL


Mantenha-o sempre arrumado, limpo e organizado. Não deixe nada bagunçado neste ambiente.

Evite brigas e discussões no quarto. Desentendimentos devem ser resolvidos em outro cômodo da casa. O quarto do casal deve ser um "oásis" de paz, amor e harmonia.

Seja sensato ao decorá-lo. Evite móveis e objetos grandes que causem uma sensação de aperto. Quem gosta de móveis escuros precisa equilibrar a energia usando cores claras na decoração e na roupa de cama. Se você gosta de móveis e decoração em tons claros ou pastéis, ponha energia com detalhes em vermelho, amarelo e azul indigo.

Aumente a iluminação do quarto. Luz e claridade, natural ou artificial, atrai e estimula a energia "Chi". Quartos escuros ou sombrios revelam relacionamentos apáticos, sem graça. Durante o dia, deixe a luz do sol entrar. Abra as janelas, cortinas e persianas. À noite, ascenda as luzes ou luminárias por algumas horas.

Mantenha o quarto bem arejado. Deixe as janelas abertas por algumas horas diariamente.

Atenção com a cama do casal, já que quase tudo ocorre sobre ela. Tenha os seguintes cuidados:
1- Evite que o sol bata diretamente sobre a cama. Acredita-se que isso ative demais o leito, podendo prejudicar o sono, por exemplo. Mas se vocês são recém-casados ou se a vida sexual anda muito monótona, uma cama aquecida e ativada é tudo o que se quer!
2- É importante que a cama tenha cabeceira e esteja apoiada na parede para que o casal tenha sensação de segurança.


3- Evite que a cama fique alinhada com a porta do quarto. Nesta posição, a cama receberá muita energia "Chi" e deixará a cama e o casal muito agitado
4- Nunca ponha a cama debaixo de uma viga exposta, ainda mais se viga ficar entre o casal. Simbolicamente, pode representar uma separação.
5- Evite que a cama fique encostada na parede onde passam os canos de água e esgoto do banheiro. Isso pode provocar o roubo de energia da cama, o que, por tabela, desanima o casal.

Ilosa – Terapia de Ambientes – (54)9188-0483

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Farinha de Trigo para queimaduras


Não sei se é verdade, mas não custa contar a vocês
Recebi de uma amiga
"Uma vez eu estava cozinhando milho verde e quando coloquei o garfo na água fervendo para ver se o milho estava pronto, sem querer, acabei queimando a mão toda com água fervendo....

Um amigo meu que era veterano de guerra no Vietnam, estava lá em casa e ele me perguntou se eu tinha e onde estava a farinha de trigo...

Eu mostrei a ele, que tirou o pacote e enfiou minha mão inteira dentro e disse pra eu conservar a mão na farinha por 10 minutos, o que eu fiz.

Diz ele que, no Vietnam, um camarada estava incendiado e, no pânico, os companheiros jogaram um saco de farinha nele todo, o que apagou o fogo, isto não só apagou o fogo, mas ele não teve nem sequer um bolha!!!!

Encurtando a estória, eu pus minha mão no saco de farinha por dez minutos, e quando a retirei não tinha nem uma mancha vermelha nem bolha e NEM DOR ALGUMA!!!

Agora, eu mantenho um pacote de farinha de trigo na geladeira e toda vez que me queimo eu uso a farinha e NUNCA tive uma bolha nem cicatriz nem nada. A farinha gelada é melhor ainda do que a com temperatura
ambiente.

Mantenha um saco de farinha de trigo na sua geladeira, você ficará feliz de assim ter feito, eu que o diga.

Experimente e verá que se é verdade.

Lembre de pôr a parte queimada diretamente na farinha, não enxague em água fria primeiro. DIRETO NA FARINHA POR DEZ MINUTOS E VOCÊ EXPERIMENTARÁ ESTE MILAGRE.

Fundação UCS - Hospital Geral de Caxias do Sul
(54)32187257

Concurso de cartazes: Sistemas Alimentares Saudáveis


No Dia Mundial da Alimentação 2013, FAO convida crianças e jovens de todo o mundo a conhecer melhor o tema

O dia 16 de outubro foi escolhido pelas Nações Unidas como Dia Mundial da Alimentação e a cada ano um novo tema é selecionado com o objetivo de chamar atenção para questões importantes envolvendo a segurança alimentar e nutrição.

Em 2013 o assunto escolhido são “Sistemas Alimentares Saudáveis” e propõe uma análise dos impactos dos sistemas alimentares para o meio ambiente. Da plantação à colheita, do processamento às embalagens, do transporte até as prateleiras de comercialização, a comida que chega às nossas mesas passa por diversas fases e para isso utiliza um bocado de água, cria perigosos gases de efeito estufa e termina afetando cada planta e animal do planeta.

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Aliança das Nações Unidas para as Mulheres (UNWG) convidam crianças e jovens de 5 a 17 anos a conhecer mais sobre o tema e participar de um Concurso de Cartazes. 

O concurso é aberto a participação de crianças de todo o mundo que serão selecionadas em três categorias: 5 a 8 anos, 9 a 12 anos e 13 a 17 anos. Os cartazes podem ser desenhados, pintados ou usar técnicas misturadas, inclusive arte digital (porém não são aceitas fotografias). 

Os três vencedores terão seus trabalhos expostos nos websites e páginas em redes sociais da FAO e do movimento EndingHunger, receberão um certificado de reconhecimento e um kit composto de uma camiseta da campanha #EndingHunger e um presente surpresa.

Diversas informações sobre o assunto estão disponíveis em nossos websites (especialmente em inglês e espanhol, mas também estamos providenciando material em português).

Mais detalhes em: www.fao.org/getinvolved/worldfoodday/wfd-poster-contest/2013/en/

Em caso de dúvidas ou questionamentos, não exitem em entrar em contato com nossa assessoria de comunicação pelo email faobr-press@fao.org ou pelo Twitter @FAO_Brasil.

SERVIÇO

Concurso de Cartazes – Dia Mundial da Alimentação
Categorias: 5 a 8 anos, 9 a 12 anos, 13 a 17 anos
Data final para envio: 30 de setembro – Anúncio dos vencedores: 16 de outubro
Regras e inscrição: www.fao.org/getinvolved/worldfoodday/wfd-poster-contest/2013/en/

Déficit de atenção tem solução?


sábado, 3 de agosto de 2013

GRENDENE E MCDONALD’S RECORREM DE MULTAS MILIONÁRIAS

Instituto Alana

image
Empresas contestam multas aplicadas pelo Procon por publicidades abusivas – McDonald´s obteve liminar, enquanto a Grendene teve seu pedido negado.
Não é novidade que o McDonald’s promove seus lanches atrelados a brinquedos colecionáveis, exclusivos e de alta rotatividade com o McLanche Feliz. Os pais conhecem bem o resultado dessa tática de marketing: o alimento fica em segundo plano e as crianças, que vão ao restaurante só para conseguir os brinquedos, acabam consumindo lanches hipercalóricos e com alto teor de sódio, gorduras e açúcares.
A venda casada de lanches com brindes vem sendo cada vez mais regulada no Brasil e no mundo, como forma de proteger as crianças dessa estratégia de mercadológica abusiva e também de diminuir os altos e assustadores índices de obesidade infantil. Na América do Sul, por exemplo, Chile e Peru já aprovaram leis que protegem as crianças.
Em 2011, o Procon de São Paulo anunciou uma multa de mais de 3 milhões de reais aplicada ao McDonald’s, em uma punição exemplar e sem precedentes no país, mostrando o empenho do órgão em defender os direitos dos consumidores e das crianças – como público hipervulnerável e que precisa ser protegido por estar em fase de desenvolvimento. 
Em maio de 2013, a cadeia de fast food contestou judicialmente a decisão, que já era final na esfera administrativa, entrando com um pedido liminar na ação anulatória em que alega que não houve a realização de publicidade abusiva e, portanto, seria equivocada a multa aplicada.
O pedido foi aceito pelo Juiz Marcos Pimentel Tamassia, da 4ª Vara de Fazenda Pública, que decidiu que o McDonald’s não precisará pagar a multa nesse momento do processo, aguardando até o final do seu julgamento para decidir se ela deve ou não ser paga. Para o Juiz Tamassia não houve abusividade na publicidade do McDonald’s. Essa decisão foi mantida em julho pelo Desembargador Fermino Magnani Filho, da 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, ao analisar o recurso do Procon contra a decisão do juiz Tamassia. Continuamos acompanhando o caso.
Grendene
 A marca de calçados Grendene, por sua vez, não teve seu pedido de liminar aceito, e terá, portanto, que pagar agora a multa aplicada de mais de 3 milhões de reais devido às suas campanhas abusivas de sapatos infantis.
A comunicação mercadológica da empresa foi denunciada pelo Instituto Alana em 2009, quando foi constatado o direcionamento de seus comerciais ao público infantil, que usavam elementos do imaginário das crianças e confundiam fantasia e realidade. Os filmes também foram criticados por estimular a erotização precoce ao anunciar os produtos para meninas, além de hipervalorizar a importância da imagem como valor. Por esses motivos, o Procon aplicou a multa milionária à Grendene em janeiro de 2013. 
A empresa contestou judicialmente a multa, pedindo sua anulação, que foi negado pela Juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública da Cidade de São Paulo, que, diferente do Juíz Tamassia, considerou o porte da empresa e sua possibilidade de pagar a multa, assim como constatou a abusividade na campanha realizada pela Grendene. Em junho, a empresa recorreu dessa decisão, mas o Desembargador Leonel Costa da Tribunal, da 5ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, manteve a obrigação do pagamento da multa aplicada pelo Procon. Embora essa não seja a decisão final do processo, até o momento a empresa deve pagar a multa pela decisão da Justiça.
Acompanhe os casos:

Um empresário que "perde" seu tempo salvando patinhos que nasceram na marquise de um prédio,




Eu também "perderia" meu tempo feliz da vida!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...